22.7.17

CONSUMO DE CARNE VERMELHA AUMENTA CHANCE DE CÂNCER

01 (1)
Muitas são as pesquisas que descobrem os benefícios de ser vegetariano. Cada vez mais é provado que levar uma vida natural é de extrema importância para a saúde e, consequentemente, eleva os dias com qualidade nessa Terra.
Um estudo recente realizado na Universidade de Harvard constatou que mulheres consumidoras excessivas de carne vermelha podem aumentar o risco de desenvolverem câncer de mama, principalmente se a utilização for intensificada no início da fase adulta. Os pesquisadores recomendam que é melhor substituir o alimento por combinações com feijões, ervilhas e nozes.
carne-a35014
Esses dados foram obtidos com a avaliação e acompanhamento da saúde de 89 mil mulheres com idades entre 24 e 43 anos. O estudo foi liderado pela Escola de Saúde Pública de Harvard e analisou a dieta de quase 3 mil mulheres que tiveram câncer de mama.
Apesar dos cientistas afirmarem que o risco é pequeno, estudos anteriores também relacionavam o consumo do alimento a outros problemas. Não é somente a mama que pode sofrer consequências com a ingestão desenfreada desse tipo de carne. O próprio câncer de intestino é um deles.
Claro que, aliado à dieta, deve ser considerado também a importância de se levar uma vida saudável em diversas dimensões. E a recomendação de sempre é a de fazer visitas periódicas ao médico para que exames adequados sejam solicitados e realizados para se saber detalhadamente como estão os seus órgãos internos. Sempre quando algum problema é detectado precocemente, a chance de resolução aumenta, além de diminuir as agressões geradas pelo tratamento.

8.7.17

IDOSOS QUE NÃO FUMAM TÊM MENOS CHANCES DE DEMÊNCIA

Sem Título-1
Em 2011 os jornais do mundo inteiro noticiaram a morte do polonês Alexander Imich de 111 anos que vivia na cidade de Nova York. Ele era considerado o homem mai velho do mundo e recentemente havia dado uma entrevista ao jornal americano The New York Times falando sobre os segredos para uma vida longa e feliz.
Imich não pensou muito ao responder aquilo que sempre pontuamos aqui em nossos posts: dieta especial, fazer exercício físico, não beber, não fumar. E são exemplos como esse que ajudam constantemente a ciência a constatar que os benefícios de uma vida regrada e saudável proporcionam anos a mais na vida aos que tentam levar uma rotina com maior qualidade.
idosos-na-piscina
O último estudo constatou, por exemplo, que os idosos que fumam têm o dobro de chances de sofrer com demência ao longo dos anos. A pesquisa foi realizada no Japão e durou 15 anos, contando com a participação de 712 pessoas. As constatações dos cientistas mostram que quem possui o hábito de fumar na velhice tem o dobro de chances de sofrer algum tipo de deficiência mental, pois quem faz uso do cigarro causa um envelhecimento do cérebro e, também, esclerose arterial. Isso resulta, obviamente, em uma maior suscetibilidade à demência.
Esses resultados só legitimam a necessidade do ser humano de se distanciar dos vícios que causam sérios problemas para o nosso corpo. Problemas que muitas vezes não são observados no curto prazo, mas que trazem consequências irreparáveis no futuro dos que poderiam desfrutar de uma vida agradável se tivessem se preocupado um pouco mais com a saúde.
Exemplos como o de Imich, não faltam. A receita fica sempre à nossa disposição. Precisamos, apenas, querer utilizá-la para que gozemos de muita qualidade de vida e, consequentemente, uma longevidade que estampe capas de revistas e jornais no mundo inteiro como exemplo de saúde.

17.6.17

SORRIA E TENHA UMA BOA MEMÓRIA


sdagphabshgfApós os quatro dias de descanso, todos estão de volta à rotina, revigorados, com muita disposição e, claro, diversas histórias para contar sobre o convívio familiar e as aventuras vividas nesse precioso “break”. Certamente muitas risadas rolaram espontaneamente em nosso feriado. E, olha, isso é muito bom! Uma pesquisa recente divulgou um aspecto surpreendente proporcionado pela boa gargalhada.
Já falamos algumas vezes sobre os benefícios do sorriso, mas, dessa vez, será direcionado exclusivamente a um atributo proporcionado pelo hábito. Temos tematizado várias recomendações de especialistas para que cheguemos à velhice com a memória mais potente. Mas só agora a ciência descobriu que quem sorri tem uma chance reduzida de contrair doenças relacionadas à memória.
Sorria e tenha uma boa memória
Pesquisadores americanos confirmaram que as pessoas mais idosas têm mais facilidade de se lembrar das coisas quando estão sorrindo. Cientistas da Universidade Adventista de Loma Linda, nos Estados Unidos, convidaram um grupo com 20 adultos saudáveis a assistirem, durante 20 minutos, a um vídeo engraçado. Paralelamente, outra “turma” com as mesmas características ficaram em um ambiente calmo, sem nenhum filme.
Após esse processo, todos os participantes foram submetidos a um teste de memória e tiveram amostras de salivas coletadas para os especialistas medirem os níveis de cortisol (que é o hormônio do estresse). Qual foi a surpresa? Os que assistiram ao “filminho” divertido tiveram um melhor desempenho do que os outros, com resultados de memória em curto prazo mais expressivos. Foi observado também uma considerável redução nos índices de cortisol.
Tudo isso mostra a importância de estar de bem com a vida, da alegria e daquela boa gargalhada para uma melhora na rotina, bem-estar e saúde de modo geral. Não perca tempo. Não reclame o fim do feriado. Apenas sorria em forma de agradecimento por tudo o que você tem. Assim, terá, no futuro, uma maior chance de se lembrar dos seus diversos bons momentos desfrutados ao longo da vida. Que a sua semana seja muito alegre!

27.5.17

5 ALIMENTOS NATURAIS PARA COMBATER O CANSAÇO

ofhsaof
Não é impressão. Estamos sim cada vez mais imersos na rotina. Isso tem feito com que fiquemos com a sensação frequente de cansaço, dores e indisposição. É um problema gerado pelas inúmeras tarefas que precisamos diariamente gerenciar. Parece um caos, mas é uma situação vivenciada pela maioria da população.O mais prejudicial nisso tudo é que estamos nos entregando aos medicamentos sem receita para aliviar um pouco os sintomas provocados pela canseira. É necessária uma valorização da saúde e refletir: até que ponto tudo isso me faz realmente bem?
O segundo passo pode ser dado com mudanças nos hábitos alimentares. São diversas variedades que ajudam a aliviar o “peso” do cansaço. Listei cinco alimentos naturais que poderão ser úteis a você. Confira abaixo:
Cinco alimentos naturais para combater o cansaço
Arroz integral – O cereal é composto por nutrientes que combatem o desânimo. Exemplos são as vitaminas B1, B2, B3 e B6 que auxiliam muito para que o seu utilizador tenha melhor disposição no dia a dia.
Banana – o magnésio tem ações importantes nas células musculares.  Possui a capacidade de proporcionar relaxamento muscular, por exemplo, além de participar dos impulsos nervosos do cérebro. A banana é uma excelente fonte dessa e outras muitas propriedades.
Abacate – Outro portador de magnésio. Além desse nutriente tão importante, a fruta traz em sua composição diversas boas gorduras. É também um excelente acompanhamento para as refeições, além de ser facilmente encontrado em terras tupiniquins.
Vegetais verde-escuros – Esses alimentos são ricos em vitamina B9 (ácido fólico). Essa substância atua no cérebro e também ajuda a formação dos neurotransmissores, que são de extrema importância para a manutenção da função cerebral.
Algas – Para quem aprecia um cardápio japonês, fica a dica! As algas são alternativas para se consumir vitamina B12 que são responsáveis também pelo melhoramento do órgão que controla o nosso corpo.

20.5.17

3 FRUTAS QUE PREVINEM O ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL


Tres frutas que previnem o AVCOs órgãos internacionais de saúde calculam que cerca de oito milhões de pessoas morrem de Acidente Vascular Cerebral (AVC) todos os anos no planeta. E as projeções para o futuro não são nada animadoras. Pesquisadores estimam que até 2030 devem ser registradas 23 milhões de novas ocorrências da doença. Como prevenir esse mal que está afetando a vida de tanta gente ao redor do mundo? São diversas formas. Nós sempre sugerimos aqui uma mudança no estilo de vida e alimentação.
Não será diferente hoje. Como sabemos, as frutas têm um poder muito grande na manutenção do nosso corpo e prevenção de inúmeros problemas que podem nos acometer. São alimentos saborosos, coloridos, alegres e chamam a atenção do paladar. Hoje vamos destacar três tipos que podem ajudar a reduzir a possibilidade do AVC. Vale lembrar que nada substitui as rotineiras e tão necessárias visitinhas ao médico, pois esse pode ser um problema silencioso que, quando você menos espera, mostra a sua faceta mais desastrosa. Então, preparado para a lista da saúde? Pegue papel e caneta e anote todas elas juntamente com suas inúmeras propriedades nutricionais:
collage

Maçã – Um estudo publicado no “Stroke: Journal of the American Heart Association” revelou que frutas de poupas brancas têm um poder de redução de quase 52% de risco ser afetado por um AVC. A pesquisa realizada por cientistas alemães destacou a maçã, mas também incluiu a pera, banana e couve-flor na lista de alimentos que podem apresentar essa virtude.
Laranja – É uma fruta tropical facilmente encontrada, além de ser muito apreciada por diversas pessoas. Ela a tem flavonoides capazes de reduzir o risco de doenças como o AVC. Essa foi uma constatação da Escola de Medicina de Harvard, EUA.
Tomate – O utilizamos como um legume, mas é, de fato, uma fruta. Pesquisadores da Universidade da Finlândia (localizada em Kuopio) descobriram que homens que apresentam níveis mais elevados de licopeno em seu corpo foram menos propensos à doença em questão. E o nutriente é ricamente encontrado no tomate.

13.5.17

MITO OU VERDADE? TOMAR LÍQUIDO COM AS REFEIÇÕES "CRIA" BARRIGA?


Sem Título-1O nosso quadro especial que tenta desmitificar o comprovado do que é somente crendice popular está de volta e hoje traz uma das questões mais polêmicas e faladas que costumemos ouvir em reuniões populares: beber qualquer líquido com as refeições faz com que a barriga cresça. Será que isso é verdade? Se formos levar em consideração o conhecimento da vizinha, o alerta da avó e as repreensões maternas, certamente essa já é uma questão irrefutável, mas, muita calma… precisamos ponderar a veracidade científica.
Por mais inacreditável que pareça, essa é uma questão completamente descartada por especialistas da área. Eles são categóricos ao afirmar que não há relação direta do consumo de líquidos nas refeições com o crescimento daquela pancinha indesejada.
Sucos
O que acontece, na verdade, é que, ao você ingerir muito líquido, o estômago vai dilatar. Isso faz com que a pessoa coma um pouco mais, ocasionando um ganho de peso, mas não se pode afirmar que a saliência abdominal esteja relacionada a essa prática. Mas isso não quer dizer que a partir de agora está liberado o suquinho no almoço. Pelo contrário, continua aceso o sinal vermelho para quem se utiliza dessa prática, pois a absorção adequada de nutrientes pode ser afetada pela combinação que não costuma dar muito certo. Propriedades como minerais e vitaminas muitas vezes são mal absorvidos pelo corpo.
Tudo isso gera alguns desconfortos como a fermentação de carboidratos, o que potencializa a formação de gases, o que, naturalmente, favorece a sensação de uma barriga maior. E voltando a falar em barriga, saiba que para você não conquistar aquela pancinha dispensável, não há muito segredo: alimentação adequada, exercícios físicos e moderação. Esses três atributos devem sempre estar lado a lado em sua rotina para que se tenha um equilíbrio no corpo, mente e espírito.

29.4.17

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DA ALFACE

dgas
Todo mundo tem aqueles dias de tormento que parecem que nunca vão passar. Mas alguns sofrem ainda mais com problemas do gênero que resultam, muitas vezes, na louca rotina experimentada por diversos trabalhadores no mundo. A opção por aquele remedinho sem receita comprado na farmácia da esquina é quase natural, mas, na verdade, é um grande engano. Se você quiser ficar calminho de forma natural, barata, saudável e saborosa, te apresento uma alternativa muito mais atrativa e eficiente: faça um prato de salada generoso, esbanjando a alface como ingrediente principal do seu preparado.
Conheça os benefícios da alface
Esse vegetal é composto por uma substância chamada lactucina, que é um atributo com efeito calmante e relaxante que pode ajudar, inclusive, a pessoas que sofrem com os males da insônia. Essa propriedade é encontrada principalmente no “talo” do alimento (muitas vezes desprezado por seus preparadores). Além desse benefício, inúmeros outros componentes podem ser desfrutados por quem faz consumo dessa hortaliça tão presente em nosso dia a dia. Contém ácido fólico (que atua na síntese dos neurotransmissores como a serotonina, dopamina e noradrenalina, que são responsáveis por regular as sensações de ansiedade) e ajuda a produzir aminoácidos (que são responsáveis também por favorecer o bem-estar emocional de quem o utiliza).
É muito difícil encontrar alguém que não aprecie a alface, mas para os que têm resistência ao vegetal, preparar junto com outras hortaliças que sejam agradáveis ao paladar de quem está consumindo o preparado é uma boa solução. Outra dica é utilizar alguns temperos naturais como azeite, orégano, sal do himalaia e outros compostos que podem dar um sabor mais interessante à sua salada, aproveitando também para melhor e fortificar a sua saúde.