20.5.17

3 FRUTAS QUE PREVINEM O ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL


Tres frutas que previnem o AVCOs órgãos internacionais de saúde calculam que cerca de oito milhões de pessoas morrem de Acidente Vascular Cerebral (AVC) todos os anos no planeta. E as projeções para o futuro não são nada animadoras. Pesquisadores estimam que até 2030 devem ser registradas 23 milhões de novas ocorrências da doença. Como prevenir esse mal que está afetando a vida de tanta gente ao redor do mundo? São diversas formas. Nós sempre sugerimos aqui uma mudança no estilo de vida e alimentação.
Não será diferente hoje. Como sabemos, as frutas têm um poder muito grande na manutenção do nosso corpo e prevenção de inúmeros problemas que podem nos acometer. São alimentos saborosos, coloridos, alegres e chamam a atenção do paladar. Hoje vamos destacar três tipos que podem ajudar a reduzir a possibilidade do AVC. Vale lembrar que nada substitui as rotineiras e tão necessárias visitinhas ao médico, pois esse pode ser um problema silencioso que, quando você menos espera, mostra a sua faceta mais desastrosa. Então, preparado para a lista da saúde? Pegue papel e caneta e anote todas elas juntamente com suas inúmeras propriedades nutricionais:
collage

Maçã – Um estudo publicado no “Stroke: Journal of the American Heart Association” revelou que frutas de poupas brancas têm um poder de redução de quase 52% de risco ser afetado por um AVC. A pesquisa realizada por cientistas alemães destacou a maçã, mas também incluiu a pera, banana e couve-flor na lista de alimentos que podem apresentar essa virtude.
Laranja – É uma fruta tropical facilmente encontrada, além de ser muito apreciada por diversas pessoas. Ela a tem flavonoides capazes de reduzir o risco de doenças como o AVC. Essa foi uma constatação da Escola de Medicina de Harvard, EUA.
Tomate – O utilizamos como um legume, mas é, de fato, uma fruta. Pesquisadores da Universidade da Finlândia (localizada em Kuopio) descobriram que homens que apresentam níveis mais elevados de licopeno em seu corpo foram menos propensos à doença em questão. E o nutriente é ricamente encontrado no tomate.

13.5.17

MITO OU VERDADE? TOMAR LÍQUIDO COM AS REFEIÇÕES "CRIA" BARRIGA?


Sem Título-1O nosso quadro especial que tenta desmitificar o comprovado do que é somente crendice popular está de volta e hoje traz uma das questões mais polêmicas e faladas que costumemos ouvir em reuniões populares: beber qualquer líquido com as refeições faz com que a barriga cresça. Será que isso é verdade? Se formos levar em consideração o conhecimento da vizinha, o alerta da avó e as repreensões maternas, certamente essa já é uma questão irrefutável, mas, muita calma… precisamos ponderar a veracidade científica.
Por mais inacreditável que pareça, essa é uma questão completamente descartada por especialistas da área. Eles são categóricos ao afirmar que não há relação direta do consumo de líquidos nas refeições com o crescimento daquela pancinha indesejada.
Sucos
O que acontece, na verdade, é que, ao você ingerir muito líquido, o estômago vai dilatar. Isso faz com que a pessoa coma um pouco mais, ocasionando um ganho de peso, mas não se pode afirmar que a saliência abdominal esteja relacionada a essa prática. Mas isso não quer dizer que a partir de agora está liberado o suquinho no almoço. Pelo contrário, continua aceso o sinal vermelho para quem se utiliza dessa prática, pois a absorção adequada de nutrientes pode ser afetada pela combinação que não costuma dar muito certo. Propriedades como minerais e vitaminas muitas vezes são mal absorvidos pelo corpo.
Tudo isso gera alguns desconfortos como a fermentação de carboidratos, o que potencializa a formação de gases, o que, naturalmente, favorece a sensação de uma barriga maior. E voltando a falar em barriga, saiba que para você não conquistar aquela pancinha dispensável, não há muito segredo: alimentação adequada, exercícios físicos e moderação. Esses três atributos devem sempre estar lado a lado em sua rotina para que se tenha um equilíbrio no corpo, mente e espírito.