28.12.19

FRUTAS PARA REFRESCAR OS DIAS QUENTES

Frutas para refrescar os dias quentes
Em praticamente todas as regiões do Brasil o calor não está dando trégua. Recordes de temperaturas foram batidas nas principais capitais do país e as sensações térmicas, em alguns locais, passaram dos 50°C. Água, ar condicionado e praia não foram suficientes para conter o clima desértico. E a importância de manter o corpo em equilíbrio é fundamental para que as desidratações e doenças da estação não atinjam os que precisam de boa saúde para desenvolver as suas atividades diárias.
É muito importante que propriedades como vitaminas, minerais e antioxidantes estejam presentes de maneira equilibrada e constante no corpo. Elas são encontradas facilmente em diversos alimentos naturais que o nosso clima tropical produz. As frutas são uma boa opção por somarem sabor, frescor e saúde.  Pensando nisso, separamos cinco opções suculentas que vão deixar o seu resto de verão mais agradável.
Frutas para refrescar os dias quentesMelancia – É uma fruta que possui bastante líquido. Tem um valor calórico reduzido pelo fato do seu principal componente ser água. É fonte de vitamina C, provitamina A, potássio, magnésio, fibra e ajuda a regular o apetite.
Ameixa vermelha – É rica em potássio, Vitamina A e E. O teor de açúcar varia conforme o tipo da ameixa. Como fruto seco é ainda mais energético. É excelente opção para sobremesas.
Morango – É uma fruta que contém poucas calorias e bastante vitamina C, B9 e alguns minerais, como ferro e potássio. Ajuda a combater a prisão de ventre e sempre dá um toque especial em muitas receitas.
Melão – Pertence a mesma família da melancia. É rica em água. Apesar de doce, possui pouco açúcar. Fonte de vitamina C, provitamina A, potássio, magnésio e fibra.
Abacaxi – Sua composição traz 86% de água. É rico em vitamina A e C, favorece a dentição, circulação sanguínea, além de ajudar olhos e pele. Possui vitamina B6, tiamina, ferro e magnésio.
A nossa dica é que você consuma as frutas geladas para aumentar a sensação refrescante.

7.12.19

COMO COMBATER A CASPA COM UMA RECEITA CASEIRA

CAPA-Como combater a caspa e seborreia em casa
A caspa é uma lesão avermelhada que descama e coça, podendo ser uma lesão seca ou oleosa. Essa condição desagradável pode ser originada de duas formas:
  1. a caspa pode ser uma inflamação crônica que aparece devido a maior produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas em determinadas partes do corpo, sendo essa lesão oleosa conhecida como seborreia
  2. ou pode ser decorrente de um fungo de origem natural, chamado “Malassezia”, que está presente no couro cabeludo de praticamente todas as pessoas do mundo, se alimentando da oleosidade natural do couro cabeludo e provocando a caspa.

A dermatite seborreica é uma inflamação crônica (ou seja, sempre se repete) que se manifesta em partes do corpo humano onde há maior produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas, sendo ela a forma mais comum da caspa. Acontece, principalmente, no couro cabeludo, nas sobrancelhas e na barba (em homens).
A dermatite seborreica não passa de uma pessoa para a outra e quando essa inflamação crônica se instala no couro cabeludo, geralmente é apresentada como a forma mais grave de caspa.
O fungo denominado “Malassezia” é de origem natural que é muito comum no couro cabeludo de quase todas as pessoas.
No couro cabeludo, esse fungo vai se alimentar da oleosidade natural do couro cabeludo e a partir disso dá origem a subprodutos e ácidos que provocam irritação no couro cabeludo e a sua descamação.
Vale salientar que fatores como alterações hormonais, comum em mulheres grávidas por exemplo, estresse em excesso, clima seco e frio, mudanças bruscas de temperatura, alimentação errada com baixo valor nutricional e com falta de proteínas, podem agravar o quadro de caspa.
Esses fatores podem aumentar a intensidade da ocorrência de leve (onde há pequenos flocos de cor branca próximo ao couro cabeludo e visíveis somente com raspagem ou escovação da ferida) para um nível moderado (onde os flocos já estão soltos entre os fios do cabelo e são visíveis a olho nu), ou até mesmo para o nível intenso (onde a descamação se apresenta com flocos de tamanhos variados, com muita incidência e já são visíveis na superfície do cabelo e caídos sobre os ombros da pessoa).
MIOLO-Como combater a caspa e seborreia em casa
Além dos produtos vendidos comercialmente para curar caspa como sulfeto de selênio, piritionato de zinco, corticóides, cetoconazol e ácido alfa-hidróxido (AHA), pode-se usar a seguinte receita caseira:

→ Remédio caseiro contra caspa ←

Ingredientes:
– 500 ML de Vinagre de maçã
– 200 gramas de mel puro

Modo de preparo:

Meça uma colher de sopa de vinagre de maçã e massageie o couro cabeludo com os seus dedos por cerca de 2 minutos, deixe o produto agir por mais 3 minutos no local com a ferida, após esse período lave os cabelos.

Antes de tomar o próximo banho, meça duas colheres de sopa de mel puro e massageie o local afetado pela caspa, deixe agir por cerca de 5 minutos e em seguida lave os cabelos.